Mudando de
Plataforma

Entenda a diferença entre 

SaaS Multi-tenant, Single-tenant e On-premises

De acordo com Forrester, 64% dos varejistas vão mudar de plataforma nos próximos 3 anos. E 87% dos negócios vão utilizar SaaS nos próximos 2 anos.

Essas são decisões estratégicas para tornar o negócio mais rentável e migrar para uma plataforma com funcionalidades que atendam às suas necessidades. Mas como escolher entre tantas opções?

O que define o VERDADEIRO SaaS

SaaS, Software-As-A-Service, é um software por assinatura, entregue e gerenciado por um fornecedor externo. Ainda que muitas empresas se posicionem como SaaS, a realidade é outra. Para aprender a diferenciar e descobrir a melhor plataforma para você, pergunte:

Quando uma nova versão do sistema é lançada, há uma lista de espera até chegar sua vez? Se sim, o fornecedor não é SaaS.

É possível que a sua loja esteja em uma versão e outra loja esteja em outra, com funcionalidades distintas? De novo, se sim, seu fornecedor trabalha com um modelo single tenant ou on-premises. Não SaaS Verdadeiro.

 

Se um erro for encontrado por um cliente específico e for reparado, esse erro também será consertado na minha loja? Se o código é único, uma vez que ele é corrigido, todas as lojas vão absorver o reparo. Assim, seu código estaria livre de erros.

É possível que um cliente esteja online e outro offline? Esta talvez seja a forma mais fácil de verificar se seu fornecedor é SaaS ou não. Se for um verdadeiro SaaS, isso não é possível.

Quando há um novo lançamento, você precisa dedicar muito tempo e recursos para testar e validar os updates para garantir que seu site funcione corretamente? Se sim, mais uma vez, não é SaaS. E significa que você não tem os benefícios de uma plataforma compartilhada, com desenvolvimento, testes e implementação centralizadas.

01/05

True SaaS
VTEX

SaaS

Salesforce (Demandware), Oracle Cloud Commerce

On-Premise

IBM, Oracle ATG, SAP Hybris, Magento

Delivery Model

  • Multi-tenant
  • Single-tenant
  • On-premises

Total Cost of Ownership

  • No license, no set-up fee, transparent pricing, pay-as-you-go, subscriptions become cheaper as your business grows, Opex, Expenses are overall better aligned with revenue
  • Potential license and/or set-up fee, Higher costs, Potential hidden and upgrade costs, Capex/Opex
  • Higher entry and operational costs, Expenditures may not be aligned to revenue since license fees are typically paid prior to revenue generation, infinite hidden costs: hardware, support, backup, operating system, middleware, database, disaster recovery environment, data centers, security certifications, etc.

Time-to-market

  • Faster implementation, Easy to use, Designed for business users, Responds in real-time to customers’ needs
  • Slower implementation, More complexity involved,  Legacy architecture
  • It requires a lot of time and manpower to implement a new environment, Hardware purchases, Additional software licenses may be needed

OMS Pricing

USD 100/store

+0,3% per transaction

unlimited devices

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Alguns de
Nossos Clientes